Imagem capa - A grande notícia por Erika Pugliese
Gestante

A grande notícia



Lá no fundo, a gente sabe. A gente sabe que nosso bebê já está lá. 

Fazemos conta da data prevista do parto, tentamos entender o que está acontecendo com nosso corpo, pensamos e tentamos imaginar como será a nossa vida daqui pra frente. Mesmo que já tenhamos tido esta experiência antes, é tudo novo de novo. Todos os anseios, as dúvidas, os medos. Estes pensamentos juntos, fazem nossa mente parecer a 25 de março uma semana antes do Natal.

Com 4 semanas, já é possível confirmar se está grávida ou não. Quando eu fiquei grávida, eu já sabia que estava e mal podia esperar para fazer o teste de farmácia. Sabe? Aquele da fitinha. Pois é. Da minha segunda filha, a listra estava tão clarinha, mas tão clarinha que eu mal conseguia enxergar, mas eu tinha certeza que era positivo.

O melhor que podia fazer naquele momento era marcar consulta e confirmar com exame de sangue. Foram as 24h mais longas da minha vida.

Mas afinal, o que está acontecendo dentro de você?

Durante a viagem da trompa, aonde o óvulo é fecundado, até o útero as células se multiplicam loucamente até formar o embrião. Neste momento, ele é do tamanho da semente de papoula.  Quando chega no útero, o embrião se aninha no endométrio. Este processo chamado nidação pode ter alguns sintomas parecidos ao da menstruação. Estes sintomas podem durar até 3 dias. Nas minhas duas gestações eu tive cólicas terríveis e sangramento semelhante ao final da menstruação e até achei que estava mesmo.

Se vc tem certeza que está grávida e seu exame deu negativo, espere mais alguns dias e repita o exame. O lance é que o corpo só passa a produzir o HCG (aquele hormônio da gestação) quando o embrião já está implantado. Para ter certeza que deu tudo certo, o médico irá solicitar um ultrassom com 8 semanas. Haja ansiedade!

Quem gostaria de ter um aparelho de ultrassom em casa, levanta a mão.

A imagem da capa foi tirada do site Bolsa de Mulher, que tem um resumão do que fazer em cada etapa da gestação.

A foto que ilustra a matéria é minha mesmo. Acesse www.erikapugliese.com para ver mais.